Operação Regresso localiza 35 pessoas desaparecidas em Carazinho e região

Com o objetivo de localizar pessoas desaparecidas em todo o Estado do Rio Grande do Sul, a Polícia Civil realizou a Operação Regresso durante esta segunda-feira (26). A operação foi realizada também em Carazinho e região sob o comando da 28ª Delegacia de Polícia.

As ações, que tem como referência a Lei 12.393, de 2011, a qual institui a semana de mobilização nacional para busca e defesa da criança desaparecida, realizada, anualmente, de 25 a 31 de março, também tem como finalidade conhecer as causas dos desaparecimentos, apurando as circunstâncias apresentadas.

Carazinho

Ao todo, foram localizadas 35, de 57 ocorrências de pessoas desaparecidas em Carazinho e municípios da região desde 2016, dentre elas 11 crianças e adolescentes.

A delegada de polícia, Rita De Carli, informou em entrevista para a Rádio Gazeta AM, que os demais casos continuam em investigação. ”São 22 casos que ainda permanecem com a investigação, a grande maioria de pessoas que tiveram algum desentendimento familiar ou casos relacionados a tráfico de drogas”, disse a delegada, esclarecendo ainda que é importante as pessoas efetuarem o registro de localização da pessoa. ”É simples, basta comparecer a uma delegacia a fim de dar ciência às autoridades policiais, que irão providenciar a baixa junto ao sistema informatizado”, comentou.

Região

Já no âmbito da 28ª região policial, segundo o comissário Valério H. Bueno, foram analisadas 102 ocorrências de desaparecimento entre adultos, crianças e adolescentes, que resultaram na localização efetiva de 47 pessoas, sendo 30 adultos e 17 crianças e adolescentes.

As ocorrências de desaparecimento são tratadas com bastante seriedade, porque segundo as autoridades, podem estar relacionadas a outros crimes, como sequestro, estupro e até homicídios.

Número de policiais civis e de viaturas participantes

Delegados: 5

Agentes: 25

Viaturas: 8

Órgãos participantes

DPRI

SIPAC/DPRI

DPPA, DPCA e DP de Carazinho

DP de Não-Me-Toque

DP de Victor Graeff

DP de Chapada

DP de Constantina

DP de Liberato Salzano

DP de Sarandi

Dicas importantes no caso de desaparecimento

*Não existe prazo de espera para o registro da ocorrência;

*Antes de registrar na DP, você deve manter contato com parentes e amigos;

*Tente rastrear os últimos passos da pessoa desaparecida;

*Tente identificar as roupas usadas em seu último aparecimento;

*Ao registrar a ocorrência, leve uma foto atualizada da pessoa e repasse todas as caraterísticas físicas da pessoa;

*Entre em contato com hospitais, departamento médico legal para saber se o desaparecido não sofreu algum acidente ou foi vítima de violência;

Fonte: Diariors