Banrisul anuncia acordo para desligamento voluntário de 903 funcionários
Programa de Desligamento Voluntário (PDV) foi aprovado em assembleias da categoria bancária e firmado pelos representantes sindicais
Publicado em 19 de outubro de 2020
Compartilhar
A- A A+

O Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul) anunciou nesta segunda-feira, dia 19, que 903 funcionários aderiram ao Programa de Desligamento Voluntário (PDV), encerrado na última quinta-feira. Segundo a instituição, os desligamentos irão ocorrer até 15 de dezembro de 2020, com exceção dos profissionais da área de Tecnologia da Informação, que poderão ter prazos de desligamento até 31 de dezembro de 2022.

Os empregados que aderiram ao programa receberão incetivos financeiros, como: auxílio Cesta Alimentação; ajuda de custos para despesas médicas e pagamento da 13ª Cesta Alimentação de 2020 a todos os empregados que forem desligados neste ano. Quem estiver apto a se aposentar pelo INSS, também terá o Prêmio Aposentadoria.

De acordo com o presidente do Banco, Cláudio Coutinho, o acordo estabelecido com os trabalhadores da instituição foi considerado histórico em relação aos demais programas de desligamento já feitos anteriormente pelo Banrisul. 

“Os incentivos financeiros oferecidos pela empresa se constituíram em um diferencial importante para a tomada de decisão dos colaboradores, proporcionando melhores condições ao desligamento, principalmente para aqueles que já estavam aposentados pelo INSS ou aptos para encaminharem a sua aposentadoria”, frisou.

O programa, pela primeira vez, foi aprovado em assembleias da categoria bancária e firmado pelos representantes sindicais.

Fonte: Correio do Povo
Fotos
Comentários