Teste do Lacen da negativo para os 7 casos registrados no Presídio Estadual de Sarandi
O teste do Lacen detecta o vírus até o décimo dia (sendo realizado preferencialmente entre o 3°e 5° dias de sintomas) e os testes rápidos detectam anticorpos que indicam contato com o Covid-19.
Publicado em 31 de maio de 2020
Compartilhar
A- A A+

A Secretaria Municipal de Saúde de Sarandi informa que foram enviadas amostras dos 7 casos registrados no Presídio Estadual de Sarandi para o Laboratório Central do Estado.

O teste realizado pelo Lacen RT-PCR e os testes rápidos aplicados no município - que possuem aprovação da Anvisa - são usados em períodos diferentes, o RT-PCR detectam o vírus, e os testes rápidos detectam anticorpos.

O teste do Lacen detecta o vírus até o décimo dia (sendo realizado preferencialmente entre o 3°e 5° dias de sintomas) e os testes rápidos detectam anticorpos que indicam contato com o Covid-19 e resposta sorológica, esses crescem a partir do sétimo dia. Vale ressaltar que essa resposta sorolgica depende do sistema imunológico de cada pessoa.

Ou seja, os infectados no presídio já apresentam resposta sorológica com crescimento de anticorpos, que foram detectados por meio dos testes rápidos.

Desta forma, os testes realizado pelo Lacen não invalida o resultado dos testes rápidos aplicados no município, sendo realizado com o objetivo de definir o período de isolamento que esses pacientes deveriam ser mantidos, pois como todos encontravam-se sem sintomas da doença, caso apresentam-se RT-PCR positivo seriam mantidos em isolamento por 14 dias, com esse resultado negativos pode-se mantê-los em isolamento por 7 dias.

Confira na imagem abaixo o boletim atualizado do Covid-19 em Sarandi, com dados acrescentados neste domingo, dia 31.

                     



Fonte: Assessoria de Imprensa
Fotos
Comentários