Inter demite Antônio Carlos Zago

Antônio Carlos Zago não é mais técnico do Inter. O treinador não resistiu à derrota de 1 a 0 para o Paysandu neste sábado e foi demitido. O anúncio ocorreu no início da tarde deste domingo pelo site do clube. O preparador físico Carlos Pacheco e o auxiliar técnico Galeano também deixam o time.
Logo após a partida contra o Paysandu, o vice de futebol Roberto Melo não confirmou a permanência do treinador. Ao ser questionado sobre a possibilidade de queda, ele resumiu dizendo que não faria uma avaliação pública de Zago.
Contratado ainda em dezembro poucos dias após Marcelo Medeiros ser eleito presidente do Inter, Zago chegou com a missão de devolver a confiança e recuperar o bom futebol, que o time não demonstrou no desastroso ano de 2016. “Não vou fazer nenhuma análise pública sobre o nosso treinador”, disse o dirigente, que admitiu que o rendimento estava abaixo do esperado. “Precisamos melhorar. Temos um grupo qualificado, que todos praticamente elogiaram todas as nossas contratações”, completou.
Com uma proposta de posse de bola e jogo propositivo, Zago conseguiu raras vezes colocar em prática as ideias que apresentava em suas entrevistas. Sob o seu comando, o Inter fez uma primeira fase de Gauchão fraca, onde se classificou apenas em sétimo em um total de 12 times, amenizada por boas campanhas na Primeira Liga, onde venceu os três jogos da primeira fase, e Copa do Brasil, onde foi avançando – passando pelo Corinthians, ponto alto do trabalho do treinador.
O Inter até conseguiu se recuperar da primeira fase ruim de Gauchão e chegou à final diante do Novo Hamburgo. Com muitas críticas nas escalações do time nos dois jogos da decisão, porém, o Colorado foi derrotado nos pênaltis e não conseguiu o tão esperado hepta estadual.
Zago ganhou sobrevida com um bom começo de Série B com a goleada de 3 a 0 sobre o Londrina. O empate com o ABC no Beira-Rio na segunda rodada somado as derrotas para o Palmeiras na Copa do Brasil e a deste sábado para o Paysandu levaram a direção a tomar a decisão da demissão.
O desempenho de Antônio Carlos Zago no Inter (até 26/05)
Jogos: 30
Vitórias: 14
Empates: 10
Derrotas 6
Aproveitamento: 57,7%
Correio do Povo