Indígenas detidos pela Polícia Federal em operação em Ronda Alta seguem presos

Em operação realizada na última quinta-feira 25, 12 indígenas foram presos pela Polícia Federal na comunidade Indígena da Serrinha em Ronda Alta. Na ocasião segundo a Polícia Federal os indígenas foram detidos acusados de vários crimes.

Em contato com Agentes da Polícia Federal na manhã desta segunda-feira 29, o departamento de jornalismo da Rádio Máxima teve acesso a liminar do Juíz Fabricio Ponte de Araújo que decretou a Prisão Preventiva dos indígenas detidos na operação da última quinta-feira, 25-10. Conforme a liminar,

“…a informações de ameaças constates realizada por indígenas, de modo que tal situação, com forte potencial explosivo, desencadeou até uma tentativa de homicídio.

Destarte, decreta a prisão preventiva dos investigados. “…verifica-se que a custodia cautelar se afigura necessária afim de asseguram a garantia da ordem pública, considerando a gravidade dos delitos perpetrados e a possibilidade de reiteração deletiva…”

A Rádio Máxima FM continua acompanhando os fatos. Segundo os representantes da comunidade indígena do Alto Recreio, novos bloqueios na ERS 324 podem ocorrer durante esta semana. Na semana passada durante dois dias a rodovia registrou protesto devido a operação. Na manhã desta segunda 29, a rodovia seguia com o fluxo normal, sem registro de bloqueio.

 

Jornalismo Máxima FM

Informações Policia Federal