Grêmio e Botafogo ficam no 0 a 0 nas quartas de final da Libertadores

A noite desta quarta-feira foi de Grêmio em campo para disputar o primeiro confronto da fase das quartas de final da Copa Libertadores Bridgestone. Enfrentou o Botafogo, fora de casa, no Nilton Santos, no Rio de Janeiro e empatou sem gols. Tudo será decidido no próximo dia 20, na Arena.

Os gremistas iniciaram bem a partida, jogando com segurança e intensidade, impondo seu ritmo na primeira etapa. Teve maior posse de bola e criou boas oportunidades, fazendo o goleiro Gatito Fernandez trabalhar. O lance a se destacar nesta etapa foi o de Arthur. Em uma boa jogada individual, o volante passou pela marcação e mandou um belo chute, obrigando o goleiro paraguaio a fazer uma difícil defesa.

Já o segundo tempo foi mais equilibrado. O time carioca marcou bem, impedindo o Tricolor de chegar com facilidade ao ataque. Mesmo assim, foi do Grêmio a melhor chance; Fernandinho quase marcou, de voleio, mas Carli cortou praticamente em cima da linha.

Quanto as alterações no lado gremista, Lucas Barrios (por lesão) e Léo Moura deram lugar a Everton e Rafael Thyere.

Com o resultado, tudo se decide na Arena, no feriado do dia 20 de setembro.

Escalação: Marcelo Grohe, Edilson, Bressan, Kannemann, Bruno Cortez, Arthur, Jailson, Ramiro, Léo Moura, Fernandinho e Lucas Barrios.

Banco: Paulo Victor, Leonardo, Rafael Thyere, Kaio, Miky Arroyo, Beto da Silva e Everton.

A arbitragem do jogo foi comandada pelo venezuelano José Argote, auxiliado por Luis Murilo e Carlos Lopes.