Estado confirma quitação dos salários nesta terça-feira

O governo do Estado vai concluir, nesta terça-feira (14), o pagamento dos salários de outubro para os servidores vinculados ao Poder Executivo. Serão creditados os vencimentos para quem tem rendimento líquido acima de R$ 10 mil, o que representa 3% do funcionalismo que ainda estava com a folha pendente. Para atender a esse último grupo de funcionários, a Secretaria da Fazenda (Sefaz) precisou reunir cerca de R$ 169 milhões, recursos com origem na arrecadação de ICMS dos setores do comércio e da indústria.
Os valores estarão disponíveis logo nas primeiras horas da manhã. Nesta segunda-feira (13), a Sefaz já havia pago os salários dos servidores com rendimento líquido entre R$ 6,5 mil e R$ 10 mil, o que representou 97% do funcionalismo (332.013 matrículas) com os vencimentos quitados.
Ainda na última sexta-feira (10), foram dois depósitos ao longo do dia. Pela manhã, foram pagos os salários para os funcionários com rendimento líquido entre R$ 2 mil e R$ 4 mil. No início da noite, houve o crédito para quem recebe até R$ 6,5 mil.
Pelo segundo mês consecutivo, o pagamento dos salários segue orientação do governador José Ivo Sartori de contemplar antes os que ganham menos. A folha líquida de outubro ficou em R$ 1,22 bilhão (sem considerar as consignações bancárias). O Poder Executivo compreende 342.742 vínculos entre ativos, inativos e pensionistas.
Folha salarial de outubro | Servidores do Poder Executivo
Dia 31 de outubro
– Até R$ 2 mil líquidos (160 mil matrículas) – R$ 228,2 milhões
– 11ª parcela do 13º salário de 2016 (100% dos servidores) – R$ 102 milhões
Dia 3 de novembro
– Folha integral das Fundações – R$ 25 milhões
Dia 10 de novembro
– Pela manhã, até R$ 4 mil líquidos (257 mil matrículas) – R$ 299,5 milhões
– No início da noite, até R$ 6,5 mil líquidos (312 mil matrículas) – R$ 141,5 milhões
Dia 13 de novembro
Pela manhã, até R$ 10 mil líquidos (332 mil matrículas) – R$ 163,2 milhões
Dia 14 de novembro
Pela manhã, saldo da folha (342 mil matrículas) – R$ 168,9 milhões
Ascom Sefaz