Casos de Dengue preocupam a região

Subiu de 162 para 235 o número de casos autóctones de dengue no Rio Grande do Sul, nos quais doença é contraída dentro do próprio estado. O informativo epidemiológico que considera a semana de 21 a 27 de abril foi divulgado na última quinta-feira (3) pela Secretaria Estadual de Saúde (SES).

Os casos autóctones foram adquiridos em 32 municípios (veja a lista abaixo). Em 2017 e 2018, segundo o boletim da SES, a doença não chegou a ser contraída no estado.

Considerando os 56 casos importados, são 291 pessoas com a doença no Rio Grande do Sul. No total, 1.135 casos suspeitos foram notificados, e destes, e 508 foram descartados.

De acordo com a SES, os casos de dengue são notificados em todos os meses do ano, mas há um aumento durante a sazonalidade da doença, que ocorre entre novembro e maio.

Cidades com casos autóctones

  • Alvorada
  • Bom Princípio
  • Candido Godoi
  • Canoas
  • Cruz Alta
  • Erechim
  • Erval Seco
  • Esteio
  • Getúlio Vargas
  • Glorinha
  • Horizontina
  • Ijuí
  • Ivoti
  • Marau
  • Novo Hamburgo
  • Palmeira das Missões
  • Panambi
  • Pirapó
  • Porto Alegre
  • Santa Barbara do Sul
  • Santa Rosa
  • Santo Ângelo
  • Santo Antônio das Missões
  • São Borja
  • São Leopoldo
  • Sapucaia do Sul
  • Sarandi
  • Ronda Alta
  • Tenente Portela
  • Três de Maio
  • Três Passos
  • Tuparendi
  • Viamão

Casos autóctones no RS

  • 2019: 235
  • 2018: nenhum registro
  • 2017: 2
  • 2016: 2.159
  • 2015: 1.044

Saiba como reconhecer os sintomas da dengue  — Foto: Arte/G1Saiba como reconhecer os sintomas da dengue  — Foto: Arte/G1

Saiba como reconhecer os sintomas da dengue — Foto: Arte/G1

Até a semana epidemiológica 17 de 2019, o Rio Grande do Sul notificou 128 casos de febre de Chikungunya. Três desses casos foram importados, 96 foram descartados e 28 continuam em investigação.

Um dos casos autóctones que havia sido confirmado como febre Chikungunya em Esteio, na Região Metropolitana de Porto Alegre, foi descartado, segundo o informativo epidemiológico da SES. A doença contraída era, na verdade, dengue, o que se confirmou após nova investigação.

Quanto ao Zika Vírus, são 47 casos suspeitos notificados no estado, um caso autóctone confirmado em Gravataí, na Região Metropolitana de Porto Alegre, 20 casos descartados laboratorialmente e 26 casos em investigação diagnóstica.

Fonte: G1RS